Tratamentos tópicos nas doenças de pele

A terapia tópica desempenha um importante papel adjuvante ou primário para tratar ou controlar várias doenças dermatológicas, particularmente quando as terapias sistêmicas são pouco eficientes ou indisponíveis.

 

O tratamento tópico consiste na aplicação direta do produto (princípio ativo e veículo) na pele, com a finalidade de conseguir um alívio ou cura do agravo dermatológico existente em seu animal.

 

O uso da terapia tópica é cada vez mais indicado pelos médicos veterinários, uma vez que observamos uma maior aceitação dos proprietários na sua realização, sendo comuns, relatos de maior disponibilidade de tempo, cuidado e dedicação em realizar este tipo de tratamento.

 

 

A terapia tópica é recomentada principalmente, no intuito de melhorar a eficácia do tratamento oral, acelerando a resolução de infecções ou prevenindo infecções recorretes. Atualmente, alguns tratamentos tópicos são capazes de combater piodermites multirresistentes, muitas vezes ineficazes ao uso de antibióticos orais. Além disso, as terapias tópicas são essenciais e indispensáveis no controle das doenças seborréicas primárias, nas quais ocorre um defeito genético na queratinização. Neste caso, os princípios ativos mais utilizados são alcatrão, ácido salicílico, ureia e enxofre.

 

Nos pacientes alérgicos, a terapia tópica ajuda na remoção de alérgenos, no controle do prurido e das infecções fúngicas ou bacterianas. Outro benefício desse tipo de tratamento, principalmente nos pacientes com dermatite atópica canina, é a restauração da sua barreira cutânea, dificultando a penetração de alérgenos ambientais. Ingredientes como combinações de ceramidas e ácidos graxos essenciais, hidratam e melhoram a estrutura celular da pele desses animais.

 

Para o controle do prurido primário, aquele oriundo de uma doença alérgica, o tratamento tópico é utilizado para reduzir a sensação desagradável, melhorando em curto prazo o desconforto do animal.

 

Nos últimos anos, observamos um progresso nas formulações tópicas, não só pelo uso de novos princípios ativos, mas também pela abordagem menos empírica e mais científica dos produtos veterinários comercializados. Nesse contexto, os avanços das pesquisas científicas, estabelecendo melhores critérios de avaliação da eficácia e segurança terapêutica, conduzem ao incremento da confiabilidade na utilização das terapias tópicas em nossos pacientes.

 

 

TEXTO ORIGINALMENTE PUBLICADO NO PORTAL NOSSA MATILHA.

 

 

Mv. MSc. Raphael Rocha   CRMV-RJ 10436              Dermatologia e Alergologia Veterinária

 

 

Médico Veterinário - UFF/RJ.

Doutorando em Ciências Veterinária pela UFRRJ.

Mestrado em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas – INI-Fiocruz/RJ.

Pós-graduado em Dermatologia Veterinária – Qualittas/UCB-RJ.

 

Facebook: Raphael Rocha - Dermatologia e Alergologia Veterinária

Please reload

Posts

Como explicar os cuidados e controles dos pacientes com Dermatopatias alérgicas (DA) aos seus proprietários?

February 1, 2016

1/3
Please reload

Posts Recentes

08/12/2015

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga....
  • Facebook Basic Square
  • Whatsapp - Dr. Raphael Rocha
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

© 2016 por Raphael Rocha. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now